Logo da Apple

Apple planeja encerrar sua parceria com a Intel

Um relatório publicado no site Bloomberg revela que a Apple estaria trabalhando para substituir os processadores Intel em computadores Mac. A companhia, que há muito tempo vem se esforçando para diminuir a dependência de terceiros, planeja fabricar computadores com seus próprios chips a partir de 2020.

Até 2004 a Apple usava o PowerPC, processador fabricado em parceria com a IBM e Motorola.  Em 2005, as duas empresas iniciaram uma próspera e lucrativa parceria. Muitos “geeks” também ficaram felizes na época, pois a mudança facilitou o hackintosh. Modificações no sistema operacional para rodá-lo em PCs.

De volta ao assunto, um dos motivos levantados para tal mudança está no desejo de integrar todos os seus dispositivos. A Apple quer tornar o seu ecossistema ainda mais sólido, com o controle centralizado. Uma nova plataforma universal, apelidada de  ‘Marzipan’, que permitirá levar aplicativos do iPhone e iPad para o Mac.

O segundo motivo, por sua vez, está na estagnação da Intel. O The Verge aponta que a empresa está se aproximando dos limites do que é possível alcançar com o silício. Sem ter uma solução para o problema, a evolução dos processadores será dolorosamente mais lenta. Um caminho difícil se considerar que a companhia está perdendo espaço para os processadores ARM, projetados para eficiência.

O choque de realidade é inevitável para a Intel que, segundo o Bloomberg, 5% de sua receita vem dos negócios com a Apple. A Microsoft também se se aproximou da Qualcomm e começou a oferecer Windows em ARM como alternativa aos processadores Intel. O Google, por sua vez, tem trabalhado em seus próprios projetos de chips feitos sob encomenda.

 

Fonte: The Verge

Compartilhe
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    5
    Shares