Netflix manterá preço após cobrança de ISS

A Netflix anunciou que não vai aumentar o preço das mensalidades do serviço após cobrança do Imposto Sobre Serviços (ISS). Com esta decisão, a empresa se junta ao Deezer, serviço de streaming de música, que seguiu pelo mesmo caminho.

Apesar da empresa repassar para os usuários os impostos em muitos mercados, o ISS será uma exceção. A proposta foi 630/2017 foi enviada à Câmara de São Paulo no dia 12 de setembro. No dia 1º de novembro, a cobrança do ISS foi aprovada por 31 votos à 12. O projeto, que aguarda a sanção do prefeito João Dória, tributa o serviço em 2,9% do valor da assinatura.

O Spotify,  popular serviço de streaming de música, ainda não se pronunciou se irá repassar ou não os imposto.

Compartilhe
  • 15
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    15
    Shares