Nova geração do Tor promete fortalecer o sistema

Após 4 anos em desenvolvimento, a nova geração do Onion Services finalmente emerge. Através do novo algoritmo de criptografia, autenticação melhorada e um diretório redesenhado, o Projeto Tor manterá o endereço da “cebola” totalmente privado.

Assim como acontece com os seres humanos, a idade começou a pesar para o sistema da “cebola”. Com mais de 10 anos, se manter no anonimato não tem sido uma tarefa tão eficaz quanto antes. Segundo o site Engadget, por exemplo, um hacker conseguiu eliminar um quinto da rede Tor (mais de 10 mil sites).

“Resumidamente, o novo sistema é uma melhoria necessária que corrige muitas falhas do antigo projeto e cria uma base sólida para o futuro trabalho da cebola”.

Com isso, menos erros passarão desapercebidos, o que tornará as vidas dos desenvolvedores menos estressantes. Ainda, apenas o dono do endereço na rede Tor e as pessoas para quem pretende divulgar saberão de sua existência.

O Projeto Tor tem ganhado muitos adeptos, principalmente para evitar a censura. Entre eles está o Facebook e o New York Times que lançou recentemente um site na rede da cebola.

Para evitar problemas com a estabilidade na rede onion, as implementações novas e antigas estarão “lado a lado”. No entanto, quando chegar em um nível aceitável, a nova implementação se tornará padrão enquanto a antiga será eliminada.

Mais detalhes (em inglês): TorProject

Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

Deixe um comentário