Microsoft encerra o serviço Groove Music

A Microsoft anunciou que vai encerrar o serviço do Groove Music. A partir do dia 31 de dezembro, os usuários não poderão mais comprar músicas ou fazer streaming.

Screenshot do Groove, serviço que será descontinuado.

Para não deixar seus clientes desamparados, a Microsoft auxiliará a migrar as bibliotecas e listas de reproduções para o Spotify. Os clientes do Groove Music Pass poderão utilizar gratuitamente o serviço Premium por 60 dias. Os assinantes anuais cuja data de expiração vá além do dia 31 de dezembro terão direito reembolso.

Os usuários que possuem espaço de armazenamento do OneDrive incluso na assinatura do Groove Music Pass, terão a capacidade reduzida ao do plano gratuito. As contas que estiverem ocupando um espaço superior ao oferecido gratuitamente, serão notificadas sobre opções que atendam às suas necessidades.

O Groove, que substituiu os serviços Xbox Music e o Zune, foi criado para competir com iTunes da Apple, Google Play Music e o próprio Spotify.  Em setembro, chegou a oferecer 6 meses grátis para um mês de assinatura. No entanto, o esforço não foi suficiente para mantê-lo vivo.

Com o contínuo avanço da transmissão de música hoje, toda a música do mundo tornou-se facilmente acessível em uma variedade de dispositivos, desbloqueando novas formas de descobrir e experimentar música. À medida que continuamos a ouvir o que nossos clientes desejam em sua experiência musical, sabemos que o acesso ao melhor serviço de transmissão, o maior catálogo de música e uma variedade de inscrições é o topo da lista.  Disse Jerry Johnson, gerente geral do Microsoft Groove.

A gigante de software continuará investindo no aplicativo para o Windows 10, mas apenas como um tocador de mídia comum. O aplicativo continuará reproduzindo conteúdo armazenados no computador ou no OneDrive.

 

Groove, apenas para reproduzir mídias locais.

Mais detalhes: Microsoft

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário