Twitter está testando o limite de 280 caracteres

O Twitter tem feito estudos a respeito da sua plataforma de microblogging, que permite inserção de mensagens de até 140 caracteres. Ao que parece, o limite parece ter efeito proibitivo para alguns idiomas.

A empresa analisou o tamanho médio dos tweets em diferentes idiomas e percebeu que alguns deles precisam de mais caracteres para dizer a mesma coisa. A constatação faz sentido se compararmos o português como o japonês, por exemplo. O nosso idioma requer muitos caracteres para transmitir um significado ou emoção. No japonês, chinês e coreano isto não ocorre porque é possível transmitir o dobro das informações em apenas uma letra.

A mesma mensagem pelo dobro de caracteres – (Créditos da imagem: Twitter)

Nós vemos que um pequeno percentual de Tweets enviados em japonês tem 140 caracteres (apenas 0,4%). Mas em inglês, uma porcentagem muito maior de Tweets tem 140 caracteres (9%). A maioria dos Tweets japoneses são de 15 caracteres, enquanto a maioria dos Tweets ingleses são 34. Nossa pesquisa nos mostra que o limite de caracteres é o motivo de grande frustração para as pessoas “twittarem” em inglês, mas não é para aqueles “twitam” em japonês. Afirmam Por Aliza Rosen e Ikuhiro Ihara.

Análise de caracteres dos tweets – (Créditos da imagem: Twitter)

Com base nos estudos, a empresa está testando o limite de 280 caracteres para todos os idiomas exceto japonês, chinês e coreano. A proposta do Twitter é a brevidade e objetividade, por isto estão tomando o devido cuidado de manter a coerência. Além disso, há também aqueles usuários mais nostálgicos que se apegaram ao limite de 140 caracteres e resistem às mudanças.

Por enquanto, teste foi disponibilizado apenas para um grupo de usuários. Um sinal de que a mudança poderá para todos em breve, exceto para nossos amigos do oriente.

 

Mais detalhes (em inglês): Blog do Twitter

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

1 thought on “Twitter está testando o limite de 280 caracteres”

Deixe um comentário