ARCore

Google revela o ARCore para Android

O Google acaba de anunciar o ARCore, sua nova tecnologia de realidade aumentada. Diferente do Tango, anunciado em 2014, esta nova tecnologia dispensa componentes de hardware adicionais. Com isto, basta que os usuários abram um aplicativo para que desfrutem da funcionalidade.

Realidade aumentada (RA) é uma tecnologia capaz de misturar o mundo virtual ao mundo real através de uma câmera.  Ela possibilita a adição de elementos gerados por computador em ambiente físico enquanto exibe para o usuário em tempo real.

 

 

A companhia disponibilizou uma prévia do kit de desenvolvimento de software (SDK) para os desenvolvedores. Ele funcionará a partir de hoje nos smpartphones Pixel e Samsung Galaxy S8 que esteja rodando o Android Nougat ou posterior.

O ARCore funciona com o Java/OpenGL, Unity e Unreal. Ele foca em três características:

  • Monitoração de movimento: o ARCore usa a câmera do smartphone para determinar tanto a posição quanto a orientação do telefone à medida que ele se move. Os elementos virtuais serão mantidos com precisão.
  • Percepção do ambiente: o ARCore pode detectar superfícies, portanto, é comum que os objetos de realidade aumentada sejam posicionados no chão ou em uma mesa.
  • Análise de luminosidade: o ARCore observa a luminosidade do ambiente possibilitando melhor inserção dos objetos ao ambiente dando mais realismo ao objeto.

 

Ao que parece, o Google não quer ficar para trás, considerando que, em junho, a Apple havia apresentado o ARKit em sua conferência WWDC 2017. O conceito de sua tecnologia é similar ao ARCore. Isto é, fornece RA sem a necessidade de sensores ou qualquer outro componente de hardware.

Os desenvolvedores poderão começar a trabalhar em jogos e aplicações que ofereçam ótimas experiências de realidade aumentada. Os usuários, por sua vez, precisarão apenas do smartphone para desfrutarem da tecnologia. Este poderá ser, por um bom tempo, o recurso mais atraente.

 

ARCore

 

Mais informações (em inglês): Google Developers Blog

 

 

 

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário