microsoft loves linux

Subsistema do Windows para Linux deixa o estágio beta

A Microsoft anunciou o Subsistema do Windows para Linux deixou o estágio “beta” e será totalmente suportado pelo Windows 10 a partir da sua grande atualização Fall Creators Update, que deverá ser disponibilizada em setembro. Além disso, a companhia informa que o recurso não será mais beta na compilação mais recente do Insider Preview, a 16251.

Subsistema do Windows para Linux

O Subsistema do Windows para Linux (WSL ou Windows Subsystem for Linux) age como um conjunto de ferramentas que permite o total gerenciamento, testes e implantação de seus aplicativos e sistemas no Windows 10. Ele permite também acessar as ferramentas de linha de comando do Linux, compartilhar e acessar arquivos no sistema de arquivo do Windows através do Linux além da capacidade executar aplicações de ambos os sistemas sem a necessidade de dual-boot.

As características da ferramenta são:

  • Rodar ferramentas de linhas de comando Linux para desenvolvimento e administração (básica);
  • Acessar e compartilhar arquivos no sistema de arquivos do Windows no Linux;
  • Invocar processos do Windos no Linux. Ex: ~$ cd /mnt/c/temp/ && echo “Hello” > hello.txt && notepad.exe hello.txt
  • Invocar processos do Linux no Windows. Ex: C:\> bash -c “fortune | cowsay”

O que não será suportado:

  • Distribuições Linux rodando através do subsistema são para cenários interativos dos usuários, o que significa que não é para executar cargas de trabalho no Apache, nginx, MySQL, MongoDB, etc;
  • Os arquivos no sistema de arquivo do Linux não serão acessíveis pelo Windows;
  • Não há suporte para aplicativos X/GUI (Graphical User Interface – Interface Gráfica do Usuário), desktops e servidores e não há planos para isso.

A remoção da tag beta resultará em uma melhoria contínua na qualidade do produto ao longo do tempo e demonstra nosso compromisso contínuo em tornar o Windows uma excelente plataforma para executar suas ferramentas Linux. Estamos ansiosos para ouvi-lo e aprender mais sobre o que funciona, o que não, quais recursos você gostaria de ver e como o WSL o ajuda a conseguir mais.

Caso queira aproveitar o recurso desde já, você pode se inscrever no programa Insider Preview e começar a utilizar o subsistema e, conforme informa a citação acima, a única coisa que a Microsoft espera de você é o feedback. As distribuições Ubuntu e SUSE já estão disponíveis na loja de aplicativos para Windows, logo será a vez do Fedora.

 

Mais detalhes (em inglês): Microsoft via Neowin

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

1 thought on “Subsistema do Windows para Linux deixa o estágio beta”

Deixe um comentário