Google pode estar trabalhando em um novo formato de imagem

De acordo com um arquivo “LeiaMe” encontrado no GitHub, o Google estaria trabalhando no Pik, um compacto formato de imagem para internet. O arquivo indica que há um codificador e um decodificador para o formato no diretório, porém, a empresa alerta que o projeto está em fase inicial de pesquisa e, portanto, não deve ser usado para qualquer finalidade.

O Pik, no entanto, necessita de um processador com suporte AVX2 (Advanced Vector Extensions) e FMA (Fused Multiply and Add), instruções que duplica a capacidade teórica dos processadores que suportam ponto flutuante e permite fazer duas contas em ponto flutuante de uma só vez, uma multiplicação e uma adição (ou subtração), como o de microarquitetura Haswell.

Em setembro de 2010, o Google havia anunciado o WebP, um novo formato de imagem, mas que não vingou e, ao que parece, o Pik é uma nova tentativa.

Mais detalhes: 9To5Google

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário