Canadá quer ser o próximo Vale do Silício

Canadá quer ser o próximo Vale do Silício

Canadá está testando vistos novos e mais rápidos, enquanto o governo dos Estados Unidos está tornando mais difícil para as empresas contratarem talentos de outros países, com limites para vistos acelerados e plano para rever o programa de visto H-1B. Esses limites de imigração do “Vale do Silício” é uma ótima notícia para o Canadá.

Foi criado um piloto de dois anos, parte do programa Global Skills anunciado ano passado, que estará disponível para empresas “inovadoras” que buscam trabalhadores altamente qualificados. O novo programa emite licenças de trabalho e vistos de residentes temporários em duas semanas, ao invés de um ano.

É a última tentativa do Canadá de atrair negócios de tecnologia para sua fronteira. Também está experimentando regulamentos mais leves e isenções fiscais. No final do ano, a província de Ontário lançará uma campanha publicitária dirigidas a decisores e trabalhadores do Vale do Silício.

Esta não é a primeira tentativa de atrair trabalhadores de tecnologia para empresas e cidades canadenses. Empresas como a Sortable executaram suas próprias campanhas publicitárias para conquistar trabalhadores baseados nos EUA. Um grupo chamado True North oferece pacotes para empresas americanas interessadas em abrir uma filial canadense.

O lar de Blackberry e startups como o Shopify, a província de Ontário também possui escritórios satélites para grande empresas de tecnologia dos EUA como Google, Facebook, IBM e Amazon. Brad Duguid, Ministro do Desenvolvimento Econômico e Crescimento, diz que Ontário é forte em áreas como inteligência artificial, super computação, tecnologia limpa e veículos autônomos.

A província também simplificou as formas que modifica os regulamentos para que ela possa acomodar empresas de pesquisa e desenvolvimento de automóveis autônomos.

Ford anunciou recentemente que vai investir US$ 1,2 bilhão para um centro de pesquisa e desenvolvimento em Ottawa. Em 2016, a General Motors (GM) disse que aumentaria o número de engenheiros de software para 1.000.

A qualidade de vida no Canadá também pode atrair os trabalhadores. Existem programas que oferecem matrículas escolares gratuitas para famílias de baixa renda e assistência matrícula para famílias de rendas média ou maior. Além, de programas que oferecem medicamentos gratuitos para pessoas com menos de 25 anos.

Por enquanto, o Canadá está trabalhando para aproveitar a posição anti-imigração dos EUA.

Eu não acredito que nenhuma jurisdição tenha o luxo de discriminar quando se trata de atrair talentos. Ser bom não basta, você tem que ser ótimo. Para ser ótimo você tem que atrair os melhores talentos do mundo. – disse Duguid

 

fonte: CNN

Compartilhe
  •  
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares