Operação Game Over contra sonegação

Batizada de Game Over, a Secretaria da Fazenda iniciou uma operação contra empresas e distribuidoras e varejistas de produtos eletrônicos.  Indícios apontam para um forte esquema de fraude e sonegação fiscal. Segundo estimativa, desde 2015, o montante sonegado aproxima-se de R$ 250 milhões em um esquema que movimentou cerca de R$ 800 milhões em vendas de videogames.

O esquema, que vem sendo que investigado há um ano, possui indícios de envolvimento de 40 empresas. Entre elas está inclusa a B2W, grupo que controla a Submarino, Americanas e Shoptime. Empresas de fachada eram usadas para emitir notas fiscais para “esquentar” mercadorias e forjar o recolhimento do ICMS. Em seguida, as mercadorias eram distribuídas para as redes varejistas para que estas comercializassem “legalmente”.

A operação Game Over é uma ação conjunta entre a Polícia Civil e o Ministério Público do Estado de São Paulo. Ao todo, 100 agentes fiscais e 70 policiais civis trabalham na operação.

Infelizmente, associam o alto custo das mercadorias em geral aos altos impostos. No entanto, o alto custo não se deve somente aos impostos, mas sim à ganância de empresas que agem de má fé.

Mais detalhes: Portal da Secretaria da Fazenda

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •