Seu smartphone pode ser hackeado com ondas sonoras

Pesquisadores da Universidade de Michigan divulgaram um artigo explicando como tons sonoros podem enviar leituras falsas para dispositivos através do acelerômetro, instrumento capaz de medir a aceleração de um objeto. De acordo com a pesquisa, qualquer dispositivo que esteja equipado com ele está vulnerável a este tipo de ataque.

Segundo o pesquisador Timothy Trippel, nossos dispositivos dependem de seus sensores assim como nós dependemos de nossos sentidos e um enorme estrago pode ser causado se informações confusas forem enviadas para tais sensores.

“Se um sistema autônomo não puder confiar em seus sentidos, então a segurança e a confiabilidade desses sistemas falharão”.

Os pesquisadores demonstraram o ataque fazendo um Samsung Galaxy S5 soletrar a palavra “WALNUT” (noz) em um gráfico de leituras do acelerômetro e enganaram o monitoramento do aplicativo Fitbit como se alguém realmente estivesse fazendo caminhadas.

Os pesquisadores deram sugestões de baixo custo para proteger os acelerômetros contra este tipo de ataque e até mesmo espumas podem ser usadas para reduzir o impacto sonoro sobre tais sensores.

Ataques por onda sonora não é novidade. Há algum tempo atrás, pesquisadores do Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coréia derrubaram drones com abordagem similar. Assista ao vídeo.

Fonte: CNet

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário